Skip to main content

Redemoinho é o nome daquela bagunça de terra e ar… acontece, dança e some. Por vezes, ouve-se uma breve risada. Da poeira parada na terra que gira, que roda, que dana no ar; desse surto do vento, desse contundente instante… é disso que nascem os sacis.

Saci é o elemento coringa. O caráter pulsante da brasilidade, a área de incerteza do improviso. A figura emblemática e poderosa do saci – desfolclorizada e ressignificada – ganha vida nos novos rituais brasileiros.

É um resgate antropofágico; os elementos quentes dos instrumentos elétricos, fundidos às epifanias percussivas que levam os pés ao chão.

A fusão desse Saci Weré remete à influência do negro que veio para a América e que se espalha pelo mundo em forma de soul, funk, rock. Dialoga também com som caribeño, com o mar, com os ritmos quentes que formam a linguagem corporal da América Latina.

Tudo isso misturado em uma releitura que só é possível no clima seco do Planalto Central, redemoinho cultural efervescente onde não se teme misturar baião com jazz, um terreno fértil para o imprevisível.

Saci Weré é uma dessas musicalidades que nascem no redemoinho da nossa Brasília.

Contato WhatsApp Rocking Gorillas
Enviar